sexta-feira, 16 de setembro de 2011


Parece que as coisas perderam o brilho... o que era insubstituível virou facilmente decartável, os momentos, viraram lembranças.

Cazuza

Nenhum comentário: