quarta-feira, 24 de agosto de 2011



Não quero a boa razão das coisas. Quero o feitiço das palavras.


Manoel de barros

Nenhum comentário: